31 de jan de 2013

Testei: Fixador Koloss

Postado por Natália Gimenes às 09:33
Oi menina, já faz muito tempo em que eu comprei esse fixador da Koloss, fiquei bem animada assim que o adquiri, mas no primeiro dia em que testei, eu me arrependi! Sim, ele fixa maravilhosamente a sombra/glitter, mas como acumula! Em todas as dobrinhas acumulam e quando um pessoa chega perto da para ver a sombra acumulada, bem acumulada. Quando depositamos o produto na pálpebra ele vira uma cola, e quando colocamos a sombra ele modifica a cor, deixando-a mais chamativa! Veja a foto abaixo:
 O Desing do produto é muito bonito, a embalagem é de rosquiar e transparente para que nós possamos ver a quantidade do produto, as devidas informações de , validade, ingredientes e afins ficam atras, o que é um muito bom!
Eu apliquei 9:00, e vejam como ficou:


Depois tirei as fotos às 15:00 para comparar, confiram:


 Como podemos ver, a sombra acumulou muito nas dobrinhas (-), e o fixador deixou a cor mais forte (+), mesmo depois de ter colocado a sombra acima do fixador ele ainda ficou cremoso, mas a cremosidade dele  parece a de uma cola! Este produto recebe 2 estrelas de 5!
Então foi isso, espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!







2 comentários:

Maria Vitória on 31 de janeiro de 2013 14:26 disse...

Nunca Testei mais vou comprar o produto, para testar (=
Adorei a resenha! Convido você e suas leitoras para dar uma passadinha no meu blog e se gostar seguir :
http://m-ariavitoria.blogspot.com.br/
beijooos.

Natália Gimenes on 1 de fevereiro de 2013 15:32 disse...

Oi, fico muito feliz que tenha gostado da resenha! irei visitar o seu blog sim! Beijos

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário, saiba que ele é bastante importante para mim, só aceito críticas construtivas. Todos comentários serão respondidos por aqui mesmo, então não deixem de verificar caso espere alguma resposta e se quiser que eu visite seu blog, deixe seu link no final do seu comentário.

 

Natália Gimenes Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos